Perguntas & Respostas: Ética

A essência de se levar uma vida ética é a de que você não procura desculpas para agir de forma errada. Uma desculpa é a de que você precisa ser desonesto neste mundo para ser bem sucedido porque todo mundo o é e que essas pessoas estão tendo sucesso rapidamente. E, se você não fizer o mesmo, ficará para trás.

Entenda que tal pensamento é resultado da fraqueza da mente. Esta meditação fará sua mente ficar tão forte que você sequer irá pensar em ser antiético; e encontrará o sucesso à sua porta. Pelo contrário, se temer o fracasso por não estar usando métodos desonestos para ter êxito, então este medo se tornará a causa do seu fracasso, ao passo que, a força da mente lhe trará sucesso. Desta forma, você deve fortalecer a sua mente e não fraquejar usando um pretexto ou outro.

À medida que crescer, compreenderá mais a fundo que as pessoas que adquiriram renome, fama, posição e riqueza de maneira desonesta e que, aparentemente, levam vidas muito bem sucedidas, permanecem agitadas e cheias de sofrimento. Quando progridir nesta trilha, você se dará conta de que estas pessoas não dormem bem à noite e não têm sossego ao longo do dia. O que ganharam em ser tão bem sucedidos? A riqueza, a posição, a fama e o renome são todos inúteis, se não trouxerem paz e felicidade.

Por outro lado, uma pessoa que não seja tão rica ou famosa, mas que tenha um coração contente e compassivo será realmente alguém de alma nobre e levará uma vida verdadeiramente feliz. Assim, para competir no mundo e ser um sucesso, não tome a trilha errada. É por isto que você está aprendendo a meditar em idade jovem, para que não tome o caminho errado custe o que custar. Até mesmo em defesa do objetivo certo, não ande na trilha errada. Sempre tome o curso correto para um objetivo moralmente correto.

Esta é, na verdade, uma boa pergunta. Se a observação da respiração não nos ajudar a manter a moralidade e a nos beneficiar, então, será uma perda de tempo. Esta técnica o ajudará muito a viver uma boa vida. Se continuamente observarmos o fluxo natural da respiração, descobriremos que ela nos ajudará a adquirir controle sobre nossa mente. Nossa mente não será tão fraca e inquieta. A sua capacidade de se concentrar melhorará. Quanto mais ela concentrar, mais forte e sábia se tornará. A faculdade da mente de se tornar consciente melhorará. Se a mente ficar repleta de raiva, se tornará instantaneamente consciente disso. Então, tudo o que você precisará fazer é observar a respiração por alguns minutos e a raiva terá ido embora. Antes, quando nós estávamos de mau humor, costumávamos gritar com alguém ou perder o controle e bater neles, o que é errado. Então, Anapana nos impediu de causar o mal. Qualquer ato errado que praticarmos, poluirá a nossa mente e alguém praticando Anapana imediatamente se tornará consciente disso. A forma de se livrar das impurezas é a de observar a respiração por algum tempo. Se nós continuamente observamos a respiração, a impureza será removida e estaremos livres de causar dano.
Conforme já explicado, a irregularidade na respiração nos dá uma sinal de alerta quando ficamos perturbados. Naquele momento, ao focar a nossa atenção na respiração, nós nos tornaremos mais atentos e não faremos nada de errado.
or que permitir-se um senso de humor que o leva a fazer isso? Existem várias piadas que não o farão se comportar imoralmente. Se fizer algo errado uma vez, até mesmo como uma piada, se sentirá tentado a fazê-lo mais e mais vezes. Hoje você está fazendo isso como uma piada, amanhã vai se tornar um hábito permanente. Você continuará a justificá-lo. A imoralidade é sempre errada, então, tente nunca se permitir isso, nem de brincadeira.
A pergunta que você está se fazendo deveria ser: ″Por que nós não podemos afastar os mosquitos quanto eles nos picam? Por que você deseja matar os mosquitos?″ Se eles o picam, então, afaste-os com espirais que repelem mosquitos e repelentes, sem matá-los. Use esses recursos quando meditar e em outras horas e os mosquitos não chegarão perto. Obviamente você não gosta quando alguém o fere. Um mosquito é um ser vivo como você e ele nasce com o instinto natural de sugar sangue para se alimentar. Se você não quiser alimentá-los, não os mate, apenas afaste-os, então, você não estará causando mal.

Esta é uma ação insalubre sob qualquer circunstância. Nós nos acostumamos com o hábito de justificar uma mentira mas não é moralmente justificável. Em primeiro lugar, como você tem certeza de que a razão para a qual mentiu é justa? Todos têm suas limitações quando se trata de analisar e de compreender as coisas, e você também. É difícil ser perfeito e saber claramente se a mentira foi contada por um motivo razoável. E mesmo que diga que está seguro de que mentiu por uma boa razão, então irá sem dúvida mentir de novo por alguma outra razão que julgar ser boa. Se mentir repetidamente, adquirirá o hábito de mentir e seguirá justificando este hábito com a desculpa de que não há problema em mentir repetidamente, vai adquirir o hábito de mentir e passará a justificar a mentira com a desculpa de que contar uma pequena mentira não tem problema. Nunca adquira o hábito de fazer isso. Não se deixe ficar tentado a mentir por razão alguma, por melhor que possa parecer. Fale apenas a verdade.

Em alguns momentos, você pode evitar a verdade por medo de magoar alguém. Por exemplo, seu professor pergunta quem em sua sala de aula estava se comportando mal. Você sabe que seu amigo é quem estava causando problema, mas você não quer que ele seja punido. Então você conta uma mentira completa, dizendo que seu amigo é inocente. Entenda o que aconteceu por causa disso. Na superfície, parece que contar uma pequena mentira o salvou de ser punido. Mas, na realidade, um grande dano foi feito e você, de fato, ajudou-o a se comportar mal. Porque não foi corrigido no momento em que cometeu o erro, ele se sentirá encorajado a fazer o mesmo muitas outras vezes . Portanto, a sua mentira solitária abriu as portas do mau-comportamento e do sofrimento para o seu amigo. Se a verdade tivesse vindo à tona, o professor teria dado a ele o castigo apropriado, que iria impedi-lo de perder o rumo no futuro.

Não há mal algum em ficar quieto de não fazer qualquer comentário. Se achar que pode dizer algo incorreto ou equivocado, então, com humildade e firmeza, você pode se recusar a dar qualquer resposta. Você não fez nada de errado ao falar a verdade, que é a de que você não deseja falar. De outra forma, se você tentar salvar alguém dando falso testemunho, poderá causar a ele mais mal do que bem. Não apenas poderá prejudicar seu amigo, como também poderá prejudicar a si mesmo ao começar com o hábito de contar mentiras.

Da mesma forma como você protege os outros ao se comportar moralmente, protege-se a si próprio. De um lado, você quer proteger-se e, do outro, fala em fazer algo errado. Se agir de forma imoral, o resultado será sofrimento. Portanto, como pode alegar ter protegido a si próprio? Como pode alegar se ter salvado a si próprio? Na realidade, você estragou sua própria segurança ao não seguir o código de conduta correto. Você deve fortalecer a sua mente. Se a mente for fraca, dará centenas de desculpas para quebrar qualquer princípio moral. Dirá que uma pequena mentira é desculpável se me salvar ou se salvar a outro alguém. Se a mente for forte, não dará ouvidos a desculpas tão esfarrapadas, então, se certificará de que você irá falar e se comportar de forma decente. Esta será a sua real proteção. Aos poucos, as pessoas começarão a conhecê-lo como uma pessoa confiável e você experimentará o doce fruto do bom comportamento.
Se fizer algo errado, então admita isso diante de alguém mais velho. Não esconda seus erros, caso contrárioé provável que volte a cometê-los. Isto dará início a um processo sem fim. Se confessar a alguém mais velho e responsável que cometeu um erro e também prometer nunca repeti-lo novamente, verá que sua mente ganhará força. Quando você não oculta nenhuma de suas más ações, não se sentirá tentado a repeti-las. Além disso, se estiver determinado a não cometer o mesmo erro de novo, começará a desenvolver a força da mente. Este é o caminho certo. Não existe outro caminho para se redimir.
Se for inteligente o suficiente, então, manterá a amizade, se necessário. Primeiramente, decida porque você quer ser amigo dessas pessoas. Se precisar estar em sua companhia, enquanto estiverem bebendo, então, use a sua inteligência e discernimento. Se recusar-se a beber dizendo que agora é uma pessoa pura, que faz meditação, apenas ficarão com raiva de você. Por conseguinte, firmemente decline a oferta para beber dizendo educadamente que isso não faz bem você. Esta será uma declaração verdadeira, uma vez que a bebida jamais fará bem a alguém que esteja tentando fortalecer sua mente com a meditação. Considere um exemplo. Um homem sofrendo de diabetes sai com alguns amigos em um final de tarde. Os amigos o convencem a comer doces, argumentando que um pedaço não irá lhe fazer mal. Se comer os doces, isto somente servirá para piorar a sua condição, mas se for sensato, não cederá para não sofrer. Ele dirá que é diabético e que não lhe faz bem comer doces, mas que os outros estão livres para comê-los. De forma semelhante, exercite a sua força de vontade e firmemente, mas educadamente, recuse qualquer oferta para fumar ou beber, dando a simples, porém, verdadeira, razão de que isto não lhe faz bem. Você talvez se preocupe que seus amigos façam com que se sinta excluído. Mas, se for inteligente, isso não acontecerá. Primeiramente, por que fazer parte de um grupo com tão maus hábitos? Se não puder evitá-lo, aja como aconselhado acima e proteja a si mesmo.
Não tente corrigir o comportamento deles. Você não é qualificado para fazer isto até que tenha corrigido a si mesmo. Suponha que tenha uma perna machucada. Como pode esperar ajudar outra pessoa que tenha apenas uma perna? Ou, se você for cego, como pode guiar outro cego? Portanto, aprimore-se a si mesmo primeiro e seus amigos se sentirão atraídos por você. Vendo o seu exemplo, o seguirão e se beneficiarão disto. De outro modo, o que você pode esperar corrigir? Você está em uma idade vulnerável. Ao corrigir os outros, você poderá tomar, você mesmo, o caminho errado. Portanto, na sua idade, passe o máximo de tempo possível fortalecendo a si mesmo e estabelecendo-se a si próprio na forma correta de viver. Deixe a tarefa de corrigir os outros para outra pessoa.
Nós sabemos disso ao vermos se uma transformação ocorre ou não em nossa vida. Se a nossa mente continuar gerando tanta negatividade como antes, então, não houve progresso algum O único critério é o de observar se há uma redução gradual da nossa poluição mental e se estamos desenvolvendo as boas qualidades que antes estavam ausentes. Se continuarmos a medir nosso sucesso através deste parâmetro, então, iremos superar o hábito de fazer coisas erradas. Pelo contrário, agiremos com sabedoria. Outros também irão nos reconhecer como pessoas boas, porque a verdade e a pureza irão se tornar parte integrante de nossas vidas.



Alunos antigos

Traduções

English
Español
Français
한국어
Polski
Pусский

Mais informações

Por favor, visite www.dhamma.org/pt/